Ciranda Flor Matizada encerra Festival de Cirandas de Manacapuru de 2017

Publicado em: segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

 

As concorrentes são Ciranda Flor Matizada, Ciranda Guerreiros Mura e Ciranda Tradicional. Foto: Michael Dantas/SEC
Levando uma alegria contagiante às arquibancadas, o Grêmio Recreativo e Folclórico Ciranda Flor Matizada encerrou as apresentações do 21º Festival de Cirandas de Manacapuru, na noite deste domingo (3), no Parque Ingá. O evento contou com o apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC).Foto: Michael Dantas/SEC
O secretário de Estado de Cultura, Denilson Novo, que participou do evento, ressaltou a importância da valorização de eventos culturais do tipo para a economia local e construção da identidade cultural regional. Foto: Michael Dantas/SEC
Levando uma alegria contagiante às arquibancadas, o Grêmio Recreativo e Folclórico Ciranda Flor Matizada encerrou as apresentações do 21º Festival de Cirandas de Manacapuru, na noite deste domingo (3), no Parque Ingá. O evento contou com o apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC). Foto : Michael Dantas
Ciranda Flor Matizada encerra Festival de Cirandas de Manacapuru de 2017. Foto: Michael Dantas/SEC

Karla Mendes

Levando uma alegria contagiante às arquibancadas, o Grêmio Recreativo e Folclórico Ciranda Flor Matizada encerrou as apresentações do 21º Festival de Cirandas de Manacapuru, na noite deste domingo (3), no Parque Ingá. O evento contou com o apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC).

Na sexta (1), o grupo de Ciranda Guerreiros Mura abriu o festival com o  tema “Amazônia, o Amor e a Bravura de um Guerreiro Cirandeiro” e no sábado (2), foi a vez do grupo Ciranda Tradicional se apresentar no Parque Ingá.

O secretário de Estado de Cultura, Denilson Novo, que participou do evento, ressaltou a importância da valorização de eventos culturais do tipo para a economia local e construção da identidade cultural regional.

Nas arquibancadas das torcidas, estava a manauara Natália Souza, de 23 anos. A jovem conta que conheceu o festival por meio do marido, que morava em Manacapuru e que a levou pela primeira vez ao festival há três anos.

“O festival é muito contagiante, muito alto astral e acima de tudo é apaixonante. Eu estendo meu convite a todos que tiverem a oportunidade de virem para cá: venham porque é lindo e arrepiante”.

Outra torcedora da Ciranda lilás é Alice Rezende, de 29 anos, que desde os 13 anos de idade participa das apresentações e hoje é torcedora da Flor Matizada. Alice e toda a família acompanhavam a apresentação na arquibancada.

“Minha família é toda envolvida com as cirandas. As minhas irmãs mais velhas já dançaram e esse é um costume que passou de geração em geração. É muito gostoso dançar, torcer, pular e é por isso que toda a minha família participa”, comentou Alice.

A presidente da Ciranda Flor Matizada, Vanessa Medonça, que há 12 anos faz parte do grupo, afirmou que o sentimento de gratidão prevalece.

“A expectativa é grande pela nossa vitória. Nós estamos com esse tema preparado desde o ano passado e a cada mês que passava tivemos que nos reinventar. Somos muito gratos ao Governo pela oportunidade e o que fica é o sentimento de dever cumprido porque é muita paixão e amor pelo o que a gente faz”, pontuou a presidente.

Bastidores

Momentos antes da apresentação, a estudante Eveny Brenda, de 20 anos, se preparava para entrar no palco do Parque Ingá e fazer parte do espetáculo das cirandas. A estudante estava ansiosa e afirmou que a preparação durou cerca de quatro meses

“Toda a minha família está aqui para me assistir e por isso que estou nervosa. Todo mundo faz parte disso porque é um meio de sustento. As cirandas ajudam muito na economia do município porque muitas famílias trabalham na ciranda pra ter um sustento. Pra gente as apresentações são mais importantes até que o Carnaval”, explicou.

Resultados 

A partir das 16h desta segunda-feira (4), a  apuração das notas para a escolha da agremiação de ciranda campeã de 2017 será realizada no Parque Ingá, no município de Manacapuru.

As concorrentes são Ciranda Flor Matizada, Ciranda Guerreiros Mura e Ciranda Tradicional.