MSVP

Histórico

Atraindo visitantes que desejam conhecer de perto o modo de ser e viver do homem do seringal, o Museu do Seringal Vila Paraíso foi inaugurado dia 16 de Agosto de 2002, e é o maior projeto turístico e cultural do Governo do Estado, pois mostra a era de ouro do Ciclo da Borracha e oferece uma ampla visão da situação dos seringais naquela época.

Resultado do polo de cinema do Amazonas, foi originalmente criado para servir de set de filmagens do seriado “A Selva”, dirigido por Leonel Vieira em uma adaptação livre da obra do escritor português Ferreira de Castro, que volta ao passado histórico caracterizando a economia e a sociedade Amazonense no início do século XX.

Acervo

É formado por ambientações de época – ciclo da borracha – com móveis e utensílios que testemunham a riqueza dos seringais, quando a borracha estava no auge de sua valorização econômica.

Roteiro de visitação

Trapiche; Barracão de armazenamento das pelas de borracha; Casarão do seringalista; Barracão de aviamento; Capela de N. Sra da Conceição; Banho das mulheres; Trilha das seringueiras; Casa do seringueiro; Tapiri de defumação da borracha; Cemitério cenográfico; Estrebaria; Casa de farinha; Barracão dos seringueiros.


Fotos: M. Rocha (divulgação Facebook)

Exposição Cenográfica Permanente

Retratando “in loco” o marco da sociedade amazonense na economia da Amazônia no início do século XX – período áureo da borracha nos seringais.

Eventos

Eventos com finalidade de locação turística;

Abertura e encerramento de eventos de pequeno porte;

Locação para filmes, documentários e comerciais;

Grupos fechados de no máximo 50 pessoas;

Podem ser utilizadas somente as áreas externas, barracão de aviamento (parte superior) e barracão dos seringueiros;

Locação por no máximo 03 horas (de preferência pela manhã em virtude da localização do Museu), com definição de horário de início e término do evento.

Informações Importantes

Visitas Guiadas, direcionadas a estudantes, pesquisadores, turistas e ao público em geral.

Em casos de grupos a partir de 15 pessoas, as visitas devem ser agendadas  com antecedência pelo e-mail:

demus@culturamazonas.am.gov.br

O visitante é responsável por seu deslocamento até o local

Horário de Funcionamento

De domingo a domingo, das 09h às 16h.

Venda de Ingressos.

Endereço e contato

Igarapé São João – Afluente do Igarapé do Tarumã Mirim (Zona Rural).

Acesso: Somente por via fluvial (barco: De 25 a 30minutos)

Na Marina do David, no final da Estrada da Ponta Negra usar uma canoa táxi da ACAMDAF (092) 3658-6159 (Endereço: Avenida Coronel Teixeira, S/N – Flutuante Acamdaf. Marina do Davi – Ponta Negra. Site: acamdafturismo.net).

E-mail:  raphael.amazonas@gmail.com

Site: www.culturamazonas.am.gov.br

Tel (92) 99275-4646 e 99603-7086

Estrutura Técnica

Proibido consumir alimentos no espaço

Não é permitido consumir alimentos nos ambientes internos

Guias para visita

Visitas guiadas apenas com agendamento

Fotos permitidas, somente sob orientação

Fotos permitidas, somente sob orientação

Bebedouros disponíveis

Bebedouros disponíveis

Banheiros disponíveis para visitantes gdfhgdfghdfgdf

Banheiros disponíveis para visitantes

Localização

Loading
Center map
Tráfego
De bicicleta
Transit
Google MapsComo chegar