Representantes do Comitê Olímpico do Brasil visitam Teatro Amazonas

 

A visita, que faz parte da vistoria da candidatura de Manaus para sede dos Jogos Escolares da Juventude 2018 – regional, aconteceu nesta sexta-feira

          Comitiva acompanhou o ensaio da Orquestra Amazonas Filarmônica e conversou com o maestro Luiz Fernando Malheiro. Foto: Divulgação

 

 

Giovanni Araújo

O Teatro Amazonas recebeu, na manhã desta sexta-feira (9/3), o Comitê Olímpico do Brasil (COB), representado pelo gerente de Esporte dos Jogos Escolares da Juventude (JEJ), André Mattos; pelo gerente de Esporte do JEJ, Arthur Côrrea; e pela coordenadora de Serviços do JEJ, Renata Barros.

Os representantes estão em Manaus, desde quarta-feira (7/3), para avaliar a candidatura da capital amazonense à sede da etapa regional dos Jogos Escolares da Juventude 2018, programada para ocorrer em setembro deste ano.

Durante a avaliação, três quesitos são levados em conta para a escolha da cidade: vontade política, rede hoteleira compatível e locais adequados para as competições.

O responsável pelo setor de Desporto da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), Mike Moraes, acompanhou os membros do COB e ressaltou a importância da cidade concorrer, pela primeira vez, à sede de um evento deste porte.

“É importante para a valorização dos nossos atletas e também para o crescimento da cidade e da nossa rede hoteleira, pois, caso seja escolhida, Manaus irá receber atletas de nove estados. É desejo do Governo do Amazonas  trazer a etapa nacional do JES no próximo ano”, comentou Moraes.

A comitiva foi recebida às 9h, pela equipe da Secretaria de Estado de Cultura e pôde acompanhar o ensaio da Orquestra Amazonas Filarmônica para o 21º Festival Amazonas de Ópera, que terá início no dia 28 de abril. Os representantes conversaram com o maestro Luiz Fernando Malheiro, que falou sobre o festival e também convidou os visitantes para prestigiarem o evento.

Em seguida, os visitantes fizeram um tour pelo teatro, onde conheceram o museu, as exposições permanentes, os salões e camarins, acompanhados do guia turístico Gabriel Leal, que contou um pouco da história do cartão postal amazonense e da cidade de Manaus.

“Nossa acolhida aqui foi maravilhosa, passamos dias incríveis em Manaus e estamos satisfeitos e impressionados. Agora, iremos esperar pela documentação com a decisão final e os votos para a cidade que será sede do evento”, comentou o gerente de Esporte do JEJ, André Mattos.

A coordenadora de Serviços do JEJ, Renata Barros, e o gerente de Esporte do JEJ, Arthur Côrrea, também agradeceram pela oportunidade e pelo carinho que receberam da população amazonense.

“Estamos encantados com a beleza da cidade e com sua riqueza cultural, principalmente com o Teatro e com o capricho que vocês têm ao cuidar deste acervo cultural, que é tão importante para o Brasil. Esperamos voltar em breve”, afirmou Arthur Côrrea.

De acordo com o gerente André Mattos, a previsão para que seja divulgado do resultado das avaliações das cidades concorrentes é até o dia 30 de março.

Sobre o JEJ

Maior competição estudantil do Brasil, os Jogos Escolares da Juventude reúnem jovens de 12 a 14 anos e de 15 a 17 anos, de escolas públicas e privadas de todo o País, em 14 modalidades. A competição foi criada pelo Comitê Olímpico do Brasil em 2005 e conta com o apoio do Ministério do Esporte e do Grupo Globo.