Secretaria de Cultura recebe Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa

Publicado em: terça-feira, 5 de dezembro de 2017

O espaço, segundo o secretário Denilson Novo, será restaurado para abrigar o Centro de Cultura Popular

Uma equipe do Departamento de Patrimônio Histórico da SEC fez uma visita técnica ao presídio para comprovar o valor histórico do imóvel. Fotos: Michael Dantas
Uma equipe do Departamento de Patrimônio Histórico da SEC fez uma visita técnica ao presídio para comprovar o valor histórico do imóvel. Fotos: Michael Dantas
Uma equipe do Departamento de Patrimônio Histórico da SEC fez uma visita técnica ao presídio para comprovar o valor histórico do imóvel. Fotos: Michael Dantas
Uma equipe do Departamento de Patrimônio Histórico da SEC fez uma visita técnica ao presídio para comprovar o valor histórico do imóvel. Fotos: Michael Dantas
Uma equipe do Departamento de Patrimônio Histórico da SEC fez uma visita técnica ao presídio para comprovar o valor histórico do imóvel. Fotos: Michael Dantas
Uma equipe do Departamento de Patrimônio Histórico da SEC fez uma visita técnica ao presídio para comprovar o valor histórico do imóvel. Fotos: Michael Dantas
Uma equipe do Departamento de Patrimônio Histórico da SEC fez uma visita técnica ao presídio para comprovar o valor histórico do imóvel. Fotos: Michael Dantas
Uma equipe do Departamento de Patrimônio Histórico da SEC fez uma visita técnica ao presídio para comprovar o valor histórico do imóvel. Fotos: Michael Dantas

Manuella Barros

A Secretaria de Estado de Cultura (SEC) recebeu, na manhã desta terça-feira (5/12), a Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, desativada em maio deste ano. A cessão do prédio foi assinada pela titular da Secretaria de Administração e Gestão (Sead), Angela Bulbol, pelo secretário de Cultura, Denilson Novo, e pelo secretário-executivo da Administração Penitenciária (Seap), tenente-coronel Silvio Mouzinho.

O espaço, segundo Denilson Novo, será restaurado para abrigar o Centro de Cultura Popular, com oficinas e cursos de capacitação para a produção de artesanato, apresentações culturais e exposições. “Nós vamos resgatar todas as formas de expressão da cultura popular e das nossas raízes que, até hoje, não têm um espaço destinado a elas”, disse o secretário.

Denilson adiantou que a SEC fará uma parceria com a Secretaria de Trabalho (Setrab) para proporcionar capacitação de artesãos no local.

Restauração

Nesta manhã, uma equipe do Departamento de Patrimônio Histórico da SEC fez uma visita técnica ao presídio para comprovar o valor histórico do imóvel.

De acordo com a diretora do Departamento de Patrimônio Histórico, Regina Lobato, a ideia de restauração da Cadeia Pública tem como principal objetivo resgatar as manifestações da Cultura Popular, como as festas tradicionais, o artesanato, a música e a gastronomia regional. “Já temos as plantas e o modelo arquitetônico no qual será realizado o Centro de Cultura Popular. Os critérios para reformulação serão preservar tudo que for original e dar espaço para novas histórias”, destacou a diretora.

Colaboraram Arnoldo Santos e Eduarda Prado